4 passos para praticar empatia no trabalho

  • 6
Empatia no Trabalho

4 passos para praticar empatia no trabalho

Praticar empatia no ambiente de trabalho é fundamental para que tudo o que se refere ao universo corporativo possa acontecer com mais sucesso. Trabalho e empatia deveriam ser sinônimos!  Mas uma vez que não são, o bom é que podemos aprender. Mas me conta uma coisa: Você sabe o que é empatia?

Empatia e simpatia podem andar juntas, mas não são a mesma coisa! Ser empático é saber se colocar no lugar do outro. Agir, pensar, sentir assim como se você fosse o outro.

Difícil, não é mesmo?! Ainda mais quando o que se pratica no dia-a-dia é extremamente diferente: “ Cada um por si e Deus por todos! ”Então vamos lá:

1-Goste de pessoas. Antes de imaginar o trabalho entenda que você se relaciona com pessoas. Pessoas essas que realizam tarefas, TRABALHO!

2-Respeite sempre! Está certo que você não precisa ser fã de carteirinha de ninguém, mas respeitar o outro que é um ser tão humano como você é fundamental. Fora que o respeito faz com que nos aproximemos mais das pessoas e dessa maneira a possibilidade de gostar delas, aumenta.

3-Seja flexível. Estar disponível para realmente conversar e não somente repassar o que você pretende que seja feito é importante para avaliar situações de uma forma ampliada. Conversar significa estar disposto a também ouvir o outro e não apenas falar o que você deseja.

4-Autoridade e autoritarismo são coisas diferentes. Esteja preparado para assumir a sua função de forma tal que a competência fale mais alto. Quando você tem claro o que precisa fazer e o que espera do trabalho do outro, o que deve prevalecer é a cooperação.

Estabelecer uma relação empática dentro do ambiente do trabalho colabora para que todos convivam num ambiente melhor: mais humanizado e consequentemente mais produtivo.

E vamos produzir de forma mais saudável, porque o mundo está precisando de gente mais feliz.


6 Comments

Douglas

setembro 5, 2016 em 9:57 pm

Muito bom Renatinha.

    Renata Adriane

    setembro 6, 2016 em 12:06 am

    Fico feliz que tenha gostado, Douglas! Obrigada pelo feedback.

GILBERTO DE CASTRO COSTA

setembro 1, 2016 em 2:47 am

Parabéns Renata

    Renata Adriane

    setembro 1, 2016 em 3:21 pm

    Que bom que está acompanhando, Gilberto! Agradeço a sua consideração. Até mais!

Jucilene Antunes

agosto 31, 2016 em 5:34 pm

Parabéns Renata Adriane
Pode tornar um livro de cabeceira para muitos que coloca o dinheiro a frente de tudo e esquece dos princípios e valores não sabendo que irá sofre com as consequências .
Felicidade é paz de espírito e não apenas dinheiro no bolso.

    Renata Adriane

    setembro 1, 2016 em 3:40 pm

    Oi, Cilene! Que bom que você deixou registrado aqui as suas percepções a partir do texto. Há muito o que se aprender para que o universo do trabalho seja mais humanizado. Até mais!

Deixe uma resposta


*

SIGA NO FACEBOOK

Categorias