Você é livre para fazer suas escolhas

  • 6
fazer-escolhas

Você é livre para fazer suas escolhas

Fazer escolhas faz parte do processo da vida. Inclusive não escolher também é escolha.

Nem sempre a educação que tivemos favorece decidir, bancar o que queremos. Contudo uma educação libertadora é aquela que nos prepara para saber o que é melhor para cada um de nós. Certezas, nunca teremos, mas precisamos ter coragem para levar adiante aquilo que acreditamos.

A escolha nos obriga a ser responsáveis pelos nossos atos. E ter dimensão do que desejamos já é um belo começo para dias mais promissores. Quem escolhe sabe que deixou para traz uma série de outras oportunidades, mas entende que resolveu focar no que acredita ser melhor.

Ser responsável é algo libertador porque nos dá dimensão do que está atrelado a nós e então cabe nossas intervenções, atitudes e ações, e acalma o espirito para àquelas situações que sabemos ser exteriores às nossas vontades e opiniões.

Saber escolher é verdadeiramente um exercício de cidadania. De manifestar o que desejamos e trabalhamos para realizar.

A escolha é política pura! Mas aquela que se ampara no significado real da palavra. Arte ou ciência de governar. Porque quem escolhe e tem consciência de suas escolhas está governado sua própria vida. Está sendo gestor da mais nobre das nossas competências, que é administrar a nossa existência.

E que nós nunca tenhamos medo de escolher! A vida nos exige coragem para bancar nossas atitudes, sempre.

Faça escolhas adequadas e saiba que esse é o caminho para uma vida com maiores realizações.


6 Comments

Marcio Nascimento

setembro 15, 2016 em 9:45 am

Escolher e acreditar, muito bom Renata. Somos realmente donos de nossa trajetória!

    Renata Adriane

    setembro 15, 2016 em 10:30 am

    Sim, Márcio! Não podemos deixar de confiar nas nossas escolhas, se assim fazermos com consciência. Um abraço para você!

José Gomes da Silva Neto

setembro 14, 2016 em 12:42 am

Vossa escrita é de extrema importância nos dias hodiernos… Muitas pessoas se mantém em Falsas Crenças, culpando ou se sentindo culpados (as)… Atribuindo os outros suas mazelas por causa de más escolhas, mas não tem seu estado de presença treinado para admitir as escolhas que a trarão uma melhor qualidade de vida num todo.
Um estado de não consciência leva muitos a uma condição meramente ilusória.

Meus parabéns…!

    Renata Adriane

    setembro 14, 2016 em 1:49 am

    Obrigada pelo seu criterioso comentário, Dr. José Gomes! E vamos fazer que a consciência nos mantenha mais comprometidos com as nossas escolhas.

Antonio Luiz Monteiro do Nascimento

setembro 13, 2016 em 3:36 pm

Muito bom.

O fato de não escolher também é uma escolha é simplesmente fantástico, pois a inércia e a alienação são escolhas de cunho egoísta, pois nas duas eu fico parado e outros escolhem e decidem e eu balanço a cabeça, a pior escolha que posso fazer para minha vida em qualquer situação é não escolher nada.

    Renata Adriane

    setembro 13, 2016 em 4:58 pm

    Isso mesmo! Escolha sempre. Pelo menos assim você entende o seu grau de implicação com as situações que acontecem no decorrer da vida.

Deixe uma resposta


*

SIGA NO FACEBOOK

Categorias